Visitar Fernando de Noronha ficará ainda mais caro

Visitar o arquipélago de Fernando de Noronha, em Pernambuco, ficará mais caro. Uma portaria do Ministério do Meio Ambiente, publicada no final de 2010 e que entra em vigor no dia 2 de abril, estabelece que além da Taxa de Preservação Ambietal, o visitante da ilha deverá pagar também uma taxa para ter acesso ao Parque Nacional Marinho. O novo tributo custará R$ 65 para brasileiros e R$ 130 para os estrangeiros. O valor vale por dez dias de permanência.

Segundo o Ministério, a companhia responsável pela manutenção, a EcoNoronha, em contrapartida, promete investir R$ 8 milhões em infraestrutura. Nos planos, estão a construção de um novo Ponto de Informação e Controle, de estacionamentos, banheiros, novas aéreas de desova de tartarugas e melhoria em trilhas para os visitantes.

Faça as contas. Para saber o valor da Taxa de Preservação Ambietal, clique aqui. No site também é possível encontrar tudo sobre o arquipélago.

Por Leandro Lopes;
Foto: www.noronha.pe.gov.br.