Teresópolis é um destino e tanto e fica pertinho da Cidade Maravilhosa

Confira tudo o que você pode fazer por lá!

Vista do Mirante do Soberbo em Teresópolis

Dicas para um final de semana incrível em Teresópolis – RJ

Localizada a cerca de 95km (1h30 de carro) do centro da cidade do Rio de Janeiro, na região Serrana, Teresópolis destaca-se pela natureza serrana exuberante, friozinho e pela excelente gastronomia.

Local de férias da família imperial, o município tem seu nome em homenagem a Imperatriz Dona Teresa Cristina, mulher do Imperador D. Pedro II. As temperaturas ficam em torno de 17ºC (Inverno: 12ºC / Verão: 25ºC).

Um excelente lugar para uma viagem romântica de casal e/ou com atividades ao ar livre em grupo. Esse roteiro conseguiu captar bem uma união desses dois estilos de viagem. Um final de semana foi excelente principalmente pela proximidade com o centro do rio e ainda deixou um gostinho de quero mais. Assim, quem for ficar 7 dias curtindo por lá também não irá se arrepender.

foto-01-lago-comary-teresopolis

1º dia – Sexta-feira: Viagem de Ida + Viva Itália

Saímos do centro do rio as 19h e chegamos às 20:40 no hotel. Depois do Check-in fomos ao Viva Itália (a 3 min do Hotel), no restaurante “È VERO!“.

Viva Itália é uma espécie de vila italiana com restaurante, sorveteria e lojinha de aperitivos e bebidas. O estacionamento é gratuito no local. O espaço do restaurante tem alguns ambientes e optamos por ficar no solário onde estava acontecendo uma música ao vivo, com direito à violino, tocada pelos próprios funcionários. Espaço aconchegante e ótimo atendimento. Pedimos um vinho e aperitivos. Gastamos cerca de 180 para duas pessoas.

Mais informações:

www.vivaitaliatere.com.br / (21) 2642-0548 / (21) 2642-4618

2º dia – Sábado: PARNASO + Feirarte + Vila St Gallen

Acordamos e fomos ao Parque Nacional da Serra dos Órgãos – PARNASO. Que fica a 10 min de carro do hotel. No parque há diversas trilhas disponíveis e para todas as idades e condições físicas. Estacionamento custa 10 reais por dia e a entrada custa 15 reais por pessoa.

Abaixo o folheto do parque, onde consta um mapa das trilhas do PARNASO e informações básicas:

Mapa de Trilhas do PARNASO - Teresópolis RJ

Mapa de Trilhas do PARNASO – Teresópolis RJ

 

Desta vez, fizemos apenas a trilha do Cartão Postal e fomos ao Poço do Castelo. Em outro momento, já fiz a trilha da Pedra do Sino, porém considero uma viagem à parte, pois recomendo dormir no abrigo no alto da montanha, retornando só no dia seguinte.

foto-04-poco-do-castelo-teresopolisfoto-05-trilha-cartao-postal-teresopolis

Após a trilha, fomos à Feirinha do Alto (Feirarte) que acontece aos finais de semana e feriados. Nesta feira é possível encontrar barraquinhas de artesanato, de roupas e de comidas típicas, tudo a um preço acessível.

foto-06-teresopolis

Almoçamos no Shopping do Alto, em frente à feirinha do alto. Nele há opções de lojas de roupa, artesanatos e restaurantes. Após o almoço fomos ao hotel aproveitar da piscina aquecida e descansar um pouco. Para finalizar bem o dia fomos à Vila St. Gallen.

Na Vila St. Gallen fizemos o Bier Tour onde é possível conhecer um pouco mais sobre a história, ingredientes, os principais estilos e o processo de produção de cerveja. Além disso, no final da contextualização feita pelo mestre cervejeiro, todos podem aproveitar de uma degustação de 5 cervejas e 5 queijos com dicas harmonização. Custou R$ 50 por pessoa e super recomendo. Depois do tour ficamos na Harlekin Pub, dentro da própria Vila St. Gallen.

Quanto ao Bier Tour, o ideal é reservar com antecedência, pois as vagas são limitadas. Para reservar basta preencher as informações no site (clique aqui) que você irá receber um e-mail de confirmação ou com informações de outras datas/horários disponíveis.

Mais informações:

http://www.vilastgallen.com.br / (21) 2642-1575

3º dia – Domingo: Fonte Judith + Lago Comary + Mirante Soberbo + Viagem de Volta

Primeiramente fomos à Fonte Judith, uma fonte de água potável, inaugurada em julho de 1967, que fica há 3 minutos do hotel. A atividade é bem rápida. Se não houver tempo na viagem não é uma atividade imperdível.

Depois disso, localizado a menos de 10 minutos de carro, fomos à Granja/Lago Comary. É possível estacionar na região e entrar no condomínio gratuitamente. Pode-se ver os campos de futebol de treinamento da seleção brasileira de futebol e admirar o Lago Comary com patos e cisnes de onde se vê também o Dedo de Deus.

Como buscávamos chegar cedo na cidade do Rio de Janeiro, saímos por volta de 11h30 do Lago Comary e fomos ao Mirante do Soberbo, localizado em um recuo da estrada, no trevo de saída (ou de acesso) da cidade para quem vai para o Rio. Foi recomendado a ir durante o dia e não de noite, por questões de segurança. Este mirante é um dos melhores lugares para avistar o Pico Dedo de Deus e, em dia claros, é possível ver até a Baia de Guanabara.

Para quem não tem restrições de horário de volta, recomendo voltar ao PARNASO para conhecer outras trilhas ou aproveitar uma das outras atrações descritas ao final deste roteiro.

foto-9-teresopolis

Hospedagem: Quem acompanha meus roteiros sabe que, para hospedagem, geralmente prefiro um melhor “custo x benefício” e deixar para dormir em casa. Mas nesta viagem, ficamos no Hotel Willisau, com 2 diárias com café da manhã no valor de cerca de R$ 720 para 2 pessoas. O hotel fica a 300m da Praça da Feirinha do Alto, a 1,2 km da Granja Comary, a 2,3 km do Mirante do Soberbo, a 3,5 km do centro de Teresópolis e a 49km do Aeroporto Internacional do Galeão.

O hotel possui uma piscina aquecida com sauna, TV a cabo, frigobar, estacionamento e wi-fi gratuitos. Nota 9.3 no Site Booking. Ótima localização e atendimento, cama confortável, banheiro e chuveiro excelentes. Portanto, atendeu total as expectativas.

ALGUMAS OUTRAS DICAS:

Previsão do tempo: Verificar a previsão do tempo. Entretanto, caso a previsão do tempo não esteja boa, mesmo assim será um ótimo passeio, porém mais focado na gastronomia.

Como chegar:

  1. Carro: cerca de 95km (1h30 de carro) do centro da cidade do Rio de Janeiro. Fomos de carro seguindo o aplicativo do Google Maps (caminho neste link) e não tivemos problemas.
  2. Ônibus: O trajeto Rio-Teresópolis custa cerca de 30 reais por trecho e demora cerca de 2h. Mais informações: viacaoteresopolis.com.br.

Outras atrações: Não fomos, mas ouvi falar bem de outras atrações que podem ser incluídas no meu próximo final de semana em Teresópolis. São elas:

  1. Espaço Arabotânico: Dentre as principais atrações apresenta orquídeas campeãs em exposições de referências nacionais e o Passeio das Flores, que constitui de uma caminhada ecológica de 350 metros. Mais informações: http://www.arabotanica.com.br/
  2. Capril Cremerie Geneve: fazenda, com arquitetura suíça, de criação de caprinos com produção de laticínios. A visita com guia e degustação dos queijos no Restaurante Cremerie Genève custa R$50. Mais informações: http://www.fazendageneve.com.br/
  3. Outras trilhas de Teresópolis: Além das trilhas do PARNASO, Teresópolis possui inúmeras trilhas que não são tão famosas como deveriam. A parceria entre a Secretaria Municipal de Turismo e o Centro Excursionista Teresopolitano resultou na confecção de um mapa de trilhas de Teresópolis (para acessar clique aqui). O material indica 12 opções de caminhadas em montanhas da região com informações sobre acessos, níveis de dificuldade, tempo de duração, classificação e orientação.

Este roteiro é apenas uma das muitas opções que se pode fazer em Teresópolis. Há outros lugares por lá para visitar, porém eu quero voltar em breve nem que seja para fazer tudo de novo. O importante é aproveitar o que há de melhor para cada um. Excelente viagem!

Dúvidas ou outras sugestões e dicas, deixe aqui nos comentários.

Mais fotos do roteiro de Teresópolis

foto-12-trilha-cartao-postal-teresopolis

Fonte: Trilhas e Aventuras