Sites governamentais têm avisos sobre problemas

Por Marina Della Valle, do Jornal Folha de S. Paulo

Alertas emitidos pelos governos de alguns países em seus sites possibilitam acompanhar as condições de viagem em vários destinos. Um bem conhecido é o endereço do Departamento de Estado dos EUA (travel.state.gov/travel ), que atualiza suas informações com frequência.

O site traz advertências (“travel warning”) e alertas (“travel alert”). Os alertas tratam de acontecimentos de curto prazo que podem atrapalhar a viagem, como greves gerais ou uma epidemia.

Já as advertências tratam de assuntos mais complexos e, em geral, mais perigosos, como guerra civil, violência exacerbada ou ataques terroristas frequentes.

Entre outros países que emitem avisos a viajantes em sites estão o Canadá (www.voyage.gc.ca ), a Austrália (www.smartraveller.gov.au ) e a Nova Zelândia (www.safetravel.govt.nz ).

O Itamaraty mantém, no site Portal Consular (www.portalconsular.mre.gov.br ), uma seção chamada “Alerta aos Viajantes”, com arquivos de informações gerais sobre países, que incluem também questões de segurança.

A maioria dos arquivos não está atualizada sobre acontecimentos recentes. Uma exceção é o do Egito, que menciona problemas com brasileiros que passavam pela região do Sinai.

Segundo o Itamaraty, os alertas de problemas recentes são enviados ao Ministério do Turismo brasileiro, que os repassa a operadoras e outros envolvidos. Eles não são publicados em sites.