Roteiro Litoral paraibano e potiguar

Praias isoladas ou balneários badalados? Passeios “com emoção” ou apenas sossego à beira-mar? Tem de tudo na rota que parte da capital da Paraíba

 

É impossível não simpatizar logo de cara com João Pessoa. Avenidas arborizadas, orla com extensa ciclovia e até um famoso pôr do sol ao som do Bolero, de Ravel, conferem à capital um clima agradável.

Ao descer rumo ao sul, uma rápida parada no Farol do Cabo Branco – aqui fica o ponto oriental das Américas – antes de seguir para Conde. Primeira praia de nudismo do Nordeste, Tambaba é a mais conhecida, mas Coqueirinho e Tabatinga também são lindas.

Seguindo em direção ao Rio Grande do Norte, cruze a área central de Conde para chegar na BR-101, toda duplicada no trecho paraibano. Depois de 130 km de estrada (16 km pela RN-062), surge Baía Formosa.

 

A Praia do Seixas é a preferida dos moradores de João Pessoa, com mar calmo e bom número de barracas


Nem tente ir sem guia para a Praia do Sagi – não há sinalização pelo caminho. Faça opasseio de bugue, que ainda passa por uma reserva de Mata Atlântica.

Mirando o norte, consegue-se ver a Praia da Pipa no horizonte. Por via terrestre, o acesso é mais complicado: volte para a BR-101, siga até Canguaretama e pegue a estradinha para Barra do Cunhaú. Atravesse a balsa e siga pela estrada de asfalto em lugar do caminho pelas dunas. Guarde o carro na pousada e caminhe pelas ruas do vilarejo. À noite, o movimento acontece na Avenida Baía dos Golfinhos, repleta de bares e lojas.

 

A 22 km de João Pessoa, em Conde, fica a Praia Tambaba, a primeira de nudismo do nordeste A faixa de areia é cercada de falésias, restinga e coqueiros [Foto: Hans Von Manteuffel]

 

Prepare-se para encarar uma linda estrada. Pena que são meros 8 km por cima das falésias até Tibau do Sul, com belos mirantes. Ali, aprecie o pôr do sol na Lagoa Guaraíras e curta a Praia do Madeiro.

Um trecho esburacado de 18 km da RN-003 e mais 60 km pela BR-101 levam a Natal. A pedida na capital é fazer os passeios de bugue pelas praias. O tour mais famoso é pelas dunas e lagoas de Genipabu.

A BR-101 segue na outra margem do Rio Potengi para os seus derradeiros 80 km até Touros, mais precisamente até o farol do Calcanhar, na curva do mapa brasileiro. O destino seguinte é São Miguel do Gostoso, a nova queridinha do litoral potiguar.

A isolada Galinhos fecha a viagem em alto estilo. O melhor trajeto é retornar até touros e pegar a RN-023. Em João Câmara, siga pela BR-406 e, 16 km após Jandaíra, vire na RN-402. Deixe o carro no píer e pegue o barco até Galinhos. No rústico vilarejo, o transporte “oficial” é a charrete, que leva os turistas para a praia.

 

As dunas de Genipabu em momento bugue (e dromedário) free [Foto: Alex Uchôa]

 

Programe-se:

Quando ir: Pode preparar uma mala com roupas leves e renovar o estoque de protetor: sol e calor são garantias de praia na maior parte do ano. Chove bastante entre maio e agosto – mesmo assim, com alguns períodos de sol.

 

Restaurantes imperdíveis:

Mangai, João Pessoa
Camamo, Tibau do Sul
Âncora Caipira, Natal

 

Atrações:

Praia do Amor, Praia da Pipa
Praia do Madeiro, Tibau do Sul
Passeio de bugue, Genipabu
Raio X das estradas: A duplicação da BR-101 segue de vento em popa. O trecho paraibano foi todo duplicado e está em ótimo estado. No Rio Grande do Norte, ainda há alguns quilômetros em obras, deixando o tráfego um pouco mais lento.

 

Fonte: viajeaqui