Guia turístico prático: Santos

Poucas pessoas pensam passar o feriado ou as férias em Santos. A verdade é que Santos é uma cidade que ainda é subestimada. Tem muita coisa boa por lá. Para sentir o clima da cidade, o melhor local para se começar talvez seja os Jardins da Orla de Santos. As pessoas passeiam na ciclovia, praticam esportes e passeiam com seus cachorros com uma vista linda do mar ao fundo. O local descreve bem o que é Santos. Os Jardins de Santos são os maiores do mundo nesse tipo. E ainda dá para casar a visita aos Jardins com um almoço ou jantar nas várias opções nas redondezas. Tudo é muito limpo e organizado. Dá até para alugar uma bicicleta para aproveitar da ciclovia. Para mais informações dá para visitar a página do Wikipedia sobre os Jardins.

Existem boas opções de hotéis em Santos. Ali na orla mesmo é uma das melhores regiões e fica perto de tudo. Recomendo ficar por lá.

Sendo torcedor do Santos ou não, visitar o Memorial das Conquistas vale a pena. O time do rei Pelé tem muita história. Dá para entrar na Vila Belmiro e dar uma volta nas arquibancadas. Quem gosta de futebol não pode perder.

Falando em história, o centro histórico de Santos é um local imperdível. Fundado em 1545, o centro preserva o ápice da industria do café, que já perdeu seu poderio. O melhor jeito de conhecer o centro é de bondinho, passando por todos os pontos turístico do centro. É bem barato, também.

 

 

 

 

 

 

 

O café faz parte da história de Santos. O Museu do café registra isso claramente. Aprenda o que a indústria do café significa para Santos, veja a história do Porto de Santos e no final tome um café de qualidade única em um local muito aconchegante. Vale a pena comprar alguns sacos de café para levar. Dê uma olhada nos eventos e programação no site do museu.

Ainda no setor cultural, vale a pena visitar a Pinacoteca Benedicto Calixto. Eles tem programação o ano todo. A construção é linda. Dá para segui-los no Facebook para saber da programação. O site deles também é muito legal.

Para ter uma boa vista de Santos e suas praias, um ótimo local é o Monte Serrat. Você pode acessar o monte por bondinho ou subindo as escadarias. Chegando no topo, além da visão panorâmica, tem a Igreja Nossa Senhora do Monte Serrat. O cassino desativado lembra o glamour dos tempos do café. História pura.

Nesse clima histórico, a rua XV de Novembro lembra muito o auge de Santos na época do café. Os casarões restaurados formam um clima romântico que de dia serve de plano de fundo para restaurantes de dia e bares e casas noturnas à noite. Resume bem o que é Santos.

Santos é unica. É muita cidade com muita história e não tem aquele clima de “turística”. Santos se destaca do resto do estado de São Paulo pois cria um contraste de cidade histórica com a vida noturna praiana que é uma mistura muito boa.