Dicas para economizar em Londres durante os Jogos Olímpicos

Por Vanessa Corrêa da Silva, do Blog de Turismo da Folha

A poucos meses dos Jogos Olímpicos de Londres, a BBC preparou uma lista com dicas para aproveitar a capital britânica durante as Olimpíadas sem gastar muito. Confira abaixo algumas dicas.

Transporte público: Quem tiver ingressos para algum evento olímpico receberá um bilhete de viagens gratuito para o dia da competição, chamado Games Travelcard, que permitirá ao viajante se deslocar entre o centro e as zonas periféricas da cidade usando o transporte público. O usuário pode planejar neste link, colocando os locais de origem e destino. O cartão não vale, porém, para trens expressos aos aeroportos. Os espectadores dos jogos também terão direito a descontos de 30% no preço dos serviços de transporte fluvial pela cidade.

Entretenimento: A prefeitura de Londres lançou, no ano passado, um acordo em que mais de 60 fornecedores de atrações turísticas se comprometem a não inflar seus preços durante o período olímpico. Entre os que assinaram o acordo de não aumentar o valor de seus ingressos estão a roda gigante London Eye, o Aquário de Londres, a Torre de Londres, o British Music Experience e alguns restaurantes. Veja a lista completa de signatários e seus preços aqui.

Transmissões gratuitas: Telões transmitirão os jogos gratuitamente no Hyde Park e no Victoria Park, que também abrigarão shows de música e atrações culturais. Já as Paraolimpíadas serão transmitidas em telão na praça Trafalgar, de 29 de agosto a 9 de setembro. Segundo os organizadores, a entrada de visitantes dependerá da lotação dos parques, mas até quatro assentos podem ser pré-reservados por uma taxa de 3,50 libras (cerca de R$ 10) cada, mas é preciso chegar antes das 14h no parque (mais informações estarão disponíveis neste site).