Carro financiado versus carro alugado – Qual é o melhor?

De Seu Dinheiro

Com as altas taxas de juros e prazos longos para pagar, o consumidor brasileiro fica preso em um círculo vicioso, onde não consegue sair tão facilmente. Ou acaba entregando o carro por não conseguir mais pagar ou renegocia a dívida na troca com outro veículo, igualmente financiado. Uma vez que se entra, difícil sair. Mas a saída é exatamente o cumprimento do negócio.

No entanto, há que seja extremamente crítico em relação ao dinheiro gasto e nas contas acaba preferindo alugar um carro de fato, para poder usar somente o necessário e não ficar preso ao famoso carnê de pagamentos dos bancos. O carro em si é um item de consumo que desvaloriza bastante e ainda por cima custa muito para ser utilizado, seja rodando ou parado em casa, visto que no começo de todo ano, surge o famoso IPVA para se juntar aos outros impostos que incidem sobre o bem de consumo não durável sobre quatro rodas.

A receita para saber se é melhor ter um financiado nas mãos ou um alugado é fazer algumas contas básicas. Tomando por base um modelo 1.0 na cidade de São Paulo pelo preço de R$ 30.000, o consumidor terá um gasto mensal de R$ 1.831, incluindo IPVA (0,33%), seguro (0,5%), juros do crédito (2,29%), manutenção (1,1%) e depreciação (1,88%).

Já o aluguel mensal do mesmo modelo 1.0 para a capital paulista varia entre R$ 1.200 e R$ 1.500 (que representa de 4% a 5% do valor do veículo). Nesse caso, seguro, manutenção e depreciação já estão incluídos na mensalidade do aluguel. Nos dois casos, o gasto com combustível é o mesmo.

A desvantagem do aluguel é exatamente não ter fim. O consumidor de um carro financiado, por mais longos que sejam os prazos (já teve montadora oferecendo 84 meses…), um dia ele quitará o veículo, salvo as duas situações colocadas no início dessa matéria. Na ponta do lápis, vale mais alugar. No entanto, quando a cabeça encosta no travesseiro ou o vizinho acabou de comprar um carro, a matemática vai para o espaço e o ego é satisfeito!

 

Fonte: Notícias Automotivas