PATROCÍNIO:

Guia prático para emergências na estrada

Seu carro quebrou? O trânsito parou? A neblina está forte? Veja o que fazer para enfrentar situações adversas na rodovia
Thiago Moreno / Fonte: iCarros

 

Nem sempre o caminho é tranquilo. Pegar a estrada exige constante atenção do motorista e, algumas vezes, situações adversas atrapalham ainda mais a condução nas estradas. O iCarros consultou especialistas em tráfego rodoviário e explica o que fazer quando se deparar com uma emergência na estrada.

Parada repentina

Imagine você a 120 km/h numa rodovia quando, sem aviso, o trânsito para. O que fazer, e mais, será que os motoristas atrás de você irão parar? Nessa condição, a prática de ligar o pisca-alerta é correta: “Ela serve para alertar os demais motoristas e para evitar uma colisão traseira”, lembra Eduardo di Gregorio, Gerente de Atendimento ao Usuário da Ecovias, empresa concessionária que opera o sistema Anchieta-Imigrantes. “Mas manter distância segura em relação ao carro da frente também ajuda”, acrescenta Pedro Santos, Coordenador de Tráfego da CCR-Autoban (concessionária das rodovias Anhanguera e Banteirantes).

Neblina

A neblina ocorre quando uma queda brusca na temperatura faz a umidade do ar se condensar e forma-se uma névoa próxima ao solo. Além de incômoda, é perigosa, pois diminui a visibilidade. “A ocorrência de neblina entre maio e julho é maior, principalmente nas regiões serranas”, lembra Santos. Nessa situação, mantenha calma e não tente usar o farol alto para melhorar a visão: “O farol alto vai apenas ser refletido na névoa, o ideal é manter os faróis baixos e usar o farol de neblina, que ilumina para os lados”, acrescenta di Gregorio.

Outra situação comum com a neblina é a condensação da névoa no para-brisa, mas basta acionar o limpador para removê-la. Alguns modelos possuem a função “mist” (névoa, em inglês) que aciona o equipamento apenas uma vez para limpar a condensação no vidro.

Se a névoa estiver muito forte, tente não mudar de faixa, diminua a velocidade e aumente a distância em relação ao veículo da frente. Não use o pisca-alerta para que os demais motoristas não pensem que há um veículo parado. “Nem pare no acostamento”, informa o especialista da Ecovias, “já tivemos acidentes fatais por causa disso. Com neblina, o acostamento só dá problema.”

Quebra sobre a via

Há situações em que o carro quebra, ou tem um pneu furado, e a maioria dos motoristas simplesmente para no meio da estrada. Isso não é correto. “É preciso o máximo possível achar um ponto recuado fora da via e ficar fora do carro, em local seguro”, recomenda Santos. Se o carro não tiver condições de locomover, é preciso sinalizar com o triângulo com antecedência, instrui o especialista da Autoban: “a sinalização tem que permitir aos demais motoristas tempo hábil para desviar do veículo parado sobre a pista.”

Para quem tem dúvida sobre como utilizar o triângulo, basta usar como medida passos largos. A referência é a velocidade máxima da via. Se for 100 km/h, por exemplo, a sinalização precisa estar a 100 passos largos de distância do carro parado. Em caso de chuva ou neblina, a relação passa a ser de dois passos largos para cada km/h de velocidade máxima.

Uma vez em local seguro ou após ter sinalizado, ligue para seu seguro ou, se não tiver um, para a concessionária da rodovia ou para a Polícia Rodoviária. Os telefones são mostrados em placas ao longo da via e a ligação é gratuita.

Outros veículos parados sobre a pista

Em algumas situações, por boa vontade, motoristas param no acostamento para ajudar outros, que estão com os veículos quebrados. Apesar de a intenção ser das melhores, a atitude não é, como explica Pedro Santos: “Nós queremos sempre minimizar a exposição do usuário ao tráfego da via para diminuir os riscos de acidente”. Quando avistar um veículo precisando de auxílio na estrada, contate a concessionária ou a Polícia Rodoviária. Eles poderão auxiliar quem está parado e sinalizar devidamente a via para realizar o resgate. “Pedimos aos usuários que nos ajudem e nos comuniquem esses veículos precisando de auxílio”, complementa o Coordenador de Tráfego da CCR-Autoban.

Acidentes

Se você passar por um acidente na estrada, a pior conduta possível é a de parar e tentar retirar as vítimas dos veículos acidentados. “Se o usuário não tem treinamento médico, não há como saber o que a vítima tem. Tirá-lo do carro pode até piorar sua condição clínica”, orienta di Gregorio. Se o acidente envolver motociclistas, não tente retirar o capacete para não aumentar o trauma. Aqui, vale a mesma dica do tópico anterior. Não pare, mas comunique o ocorrido à administradora da rodovia e ou à Polícia Rodoviária.

 

Fonte: iCarros

http://icarros.uol.com.br/noticias/reportagens/guia-pratico-para-emergencias-na-estrada/14135.html

Este artigo foi publicado por Kassia Nakazawa em 29 de abril de 2013 às 16:02, e está arquivado em Dicas e Trânsito. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta.

Posts Relacionados

Férias de fim de ano chegando!

Quem está contando os dias pra viajar, descobrir lugares novos, se divertir com a família, amigos? Faça já a sua reserva. Temos preços incríveis que garantem sua viagem com total comodidade e segurança. Vem pra ALUGUE BRASIL!

Leia mais...

Vai ao desfile de moda mais badalado do mundo? Na Mister Car quem vai ao SPFW e ao Fashion Rio tem desconto no aluguel de carro!

O evento de moda mais badalado do mundo, o São Paulo Fashion Week – Temporada Verão 2015, acontecerá no Parque Cândido Portinari (ao lado do Parque Villa Lobos) – SP do dia 31 de março a 04 de abril. O Fashion Rio acontecerá na Marina da Glória entre os dias 08 e 11 de abril. [...]

Leia mais...

Promoção Pontos Extras Multiplus

Sabia que você pode ganhar 10% em pontos extras ao transferir pontos do cartão de crédito para a Multiplus? A partir de 40.000 pontos, você já pode participar da Promoção Pontos Extras Multiplus e aproveitar para resgatar, além de passagens aéreas, diárias de hotel e aluguel de carros para garantir uma viagem completa. Lembrando que [...]

Leia mais...

Nenhum comentário para este post

Os comentários estão fechados.

PUBLICIDADE:

  • Pauta | Sugira, Opine, Comunique-se
    pauta@rentacarnews.com.br

    Entre em contato com a Redação Rent a Car News para sugerir assuntos que você quer ver aqui.
  • Notícias por e-mail
    Assine nossa newsletter
  • PARCEIROS
  • Categorias