PATROCÍNIO:

Bateria do carro descarregou? Saiba como resolver de maneira segura e rápida!

Dicas do Cesvi Brasil ensinam como realizar a transferência de carga utilizando cabos; tentar fazer o carro pegar no tranco é um erro e pode gerar problemas

Não dá para saber quando você será surpreendido pela falta de carga na bateria do seu veículo. A qualquer hora você pode entrar no carro, dar a partida e ele simplesmente não funcionar. E você está preparado para essa situação? Sabe o que fazer? O Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi Brasil) dá algumas dicas para você saber como resolver esse problema de maneira segura e rápida.

A primeira coisa que você precisa saber é que não se deve fazer. Embora seja muito comum ouvir que é só dar um empurrão para o carro pegar “no tranco”, esse procedimento não é recomendado. Esta ação pode prejudicar o seu veículo. Em modelos com câmbio manual, o “tranco” pode danificar a correia dentada, a embreagem e até o catalisador. No caso dos carros com transmissão automática, automatizada ou de dupla embreagem, esse método nem é possível e pode gerar graves riscos à caixa de câmbio.

O ideal é que seja feita uma transferência de carga. E a ligação direta entres as baterias também é conhecida popularmente como “chupeta”. Para isso, você vai precisar de um outro carro com carga na bateria e cabos adequados — normalmente eles possuem duas cores, sendo um preto e o outro vermelho.

Veja o passo a passo na galeria de imagens abaixo

É importante lembrar que o veículo que irá transferir a carga não deve estar ligado. A conexão das baterias precisa ser feita de forma a evitar uma sobrecarga nos módulos eletrônicos.

Primeiramente, você deve ligar o cabo positivo de uma bateria a outra — geralmente eles estão cobertos por uma capa. Já o polo negativo da bateria, que irá transferir a carga, deve ser ligado de preferência em um local do bloco do motor. Por exemplo, na alça de içamento. Lembre-se que essa área de conexão do polo negativo deve ser sem cobertura e sem pintura para que haja um bom contato.

Antes de efetuar a partida, verifique se os cabos não estão próximos à hélice do eletroventilador, polias ou correias, evitando o enroscamento acidental.

Após a conexão dê a partida no motor do veículo sem carga. Feito isso, aguarde alguns segundos. Se o carro funcionar, saiba que a missão está cumprida e foi somente falta de carga mesmo. Retire o cabo negativo e depois o positivo.

Se não conseguir fazer o carro pegar após algumas tentativas, é melhor não continuar insistindo. O indicado é chamar um guincho para levar o carro a uma oficina especializada.

 

Fonte: UOL CARROS

Este artigo foi publicado por Carolina em 20 de novembro de 2013 às 8:39, e está arquivado em Dicas e Trânsito. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta.

Posts Relacionados

Ganha Ganha na Lokamig!

Quer ganhar um voucher de 50% de desconto no Porcão ? Então reserve já um carro no site da Lokamig ! Você também ganha 10% de desconto no valor da locação!!!         Fonte: Lokamig

Leia mais...

Quer alugar um carro para curtir o final de semana?

Entre em contato com a gente e conheça nossas condições especiais. Estamos presentes em várias regiões do Brasil. Confira nossa Rede de Agências no site: http://goo.gl/LiZMRN                                 Fonte: Yes Aluguel de Carros

Leia mais...

Site destaca 15 destinos para sair do comum

Com comentários e opiniões de turistas do mundo inteiro, o site Trip Advisor virou uma referência para escolher um destino, um hotel ou um restaurante durante uma viagem. Do Portal Terra Confira uma seleção de destinos pouco comuns, em pesquisa feita pelo site e trazida para você pelo Terra. 1) Lagos, Portugal: influências árabes e [...]

Leia mais...

Nenhum comentário para este post

Os comentários estão fechados.

PUBLICIDADE:

  • Pauta | Sugira, Opine, Comunique-se
    pauta@rentacarnews.com.br

    Entre em contato com a Redação Rent a Car News para sugerir assuntos que você quer ver aqui.
  • Notícias por e-mail
    Assine nossa newsletter
  • PARCEIROS
  • Categorias