American lança plano de expansão da marca nas cidades-sede da Copa do Mundo de 2014

Campanha visa a forte procura de turistas por aluguel de automóveis

Com o slogan “American Rent a Car no País do Futebol”, a marca lança esse mês novo plano de expansão para abrir unidades franqueadas nas cidades-sede dos jogos da Copa do Mundo de 2014. Entre as principais vantagens do plano, o franqueado conta com disponibilidade de praças onde a maioria das grandes redes já não possui mais, compra de carros com descontos, transferência de know-how e apoio em ações de marketing e comercial. O plano com condições especiais começa em julho e vai até dezembro deste ano.

A atuação da American se dá através da implantação de franquias, com exclusividade regional em todos os produtos da marca, mudança de frota no máximo a cada 18 meses e repasse de 100% do desconto concedido pelas montadoras na aquisição da frota. O valor inicial varia de acordo com a praça de interesse e o retorno do investimento ocorre entre 24 e 36 meses.

Estima-se que a Copa do Mundo de 2014 seja responsável por injetar receitas adicionais de até R$ 5,94 bilhões no país. Esses recursos são distribuídos entre diversos setores, mas principalmente no turismo e transporte. “O objetivo principal desta ação é obter rápida capilaridade para a American, oferecendo condições especiais aos interessados em ingressar em uma rede de aluguel de carros que tem disponíveis as praças das cidades-sede da Copa”, explica o gerente de expansão da American Rent a Car no Brasil, Errol Cajetan Albuquerque.

De acordo com a Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA), o setor de locação de automóveis no País faturou R$ 5,67 bilhões em 2011, o que correspondeu a um crescimento de 11% em relação ao ano anterior e valor três vezes maior que o PIB nacional. Ao todo 18,6 milhões de pessoas alugaram veículos no Brasil. Segundo dados da ABLA, nos próximos três anos o mercado de locadoras deve investir cerca de R$ 58 milhões, visando os eventos esportivos de 2014 e 2016. “O aquecimento do mercado de turismo e a iminência da Copa e das Olimpíadas fazem do Brasil um atrativo para as locadoras de veículos. O mercado brasileiro está estável e o país é considerado um centro econômico importante para investimentos”, comenta Albuquerque.

Segundo dados dos Indicadores Econômicos das Viagens Corporativas (IEVC), o setor de locação de veículos é o terceiro principal gerador de receita em turismo de negócios, com 6,35% (R$ 1,3 bilhões). O segmento movimenta por ano mais de 60% do setor, enquanto que as empresas gastam R$ 15,5 bilhões com viagens.

Sobre a American

American Rent a Car é uma marca norte-americana trazida ao Brasil pelo Grupo Colleman em 2007. Atua na locação de veículos leves e na terceirização de frotas a empresas e atendimento ao segmento de turismo de lazer e negócios.  O Grupo Colleman também detém a marca para América Latina e África, autorizado a licenciar franquias nos países desses blocos.

Mais informações: http://www.americanrentacar.com.br

Fonte: Assessoria American Rent a Car