Dicas para quem vai alugar um carro pela primeira vez

O Blog Carro Aluguel compartilhou algumas dicas para quem nunca alugou um carro e ainda não conhece as vantagens, benefícios e o funcionamento do processo. Confira o post e aproveite as dicas! =)

 

Não tem nada melhor do que escolher um destino bacana e sair de férias, com tudo planejado, para uma boa temporada de descobertas, expedições e, claro, descanso. Para quem preza esse tipo de viagem com o maior conforto possível, a melhor saída é o aluguel de carro, que garante aos viajantes todo o conforto possível durante os passeios no local escolhido e gera a independência de se lidar com transporte público ou pagar muito dinheiro por uma corrida de táxi. Quem nunca optou antes pelo serviço, por achar burocrático ou complicado, vai ficar feliz ao saber que alugar um carro é simples e rápido.

Se você é da turma que vai alugar carro pela primeira vez, uma informação: as locadoras só prestam o serviço a condutores maiores de 21 anos, com carteira de habilitação válida por pelo menos dois anos em território brasileiro. Algumas locadoras possuem planos especiais para menores de 21 anos, vale a pena se informar sobre essa condição com a sua locadora de preferência. A única burocracia na hora de alugar o carro vai ser quanto aos seus documentos: CPF e RG, além da carteira de motorista, são itens obrigatórios para se conseguir realizar o serviço. Quem estiver com nome nos registros do SPC e do Serasa pode ter seu pedido de locação negado pela locadora escolhida.

As empresas de aluguel de veículos colocam à disposição dos clientes vários estilos diferentes de locação, para que cada um tenha a liberdade de analisar, antes do contrato fechado, qual é o melhor estilo de aluguel em cada caso. Quem vai passar apenas um ou dois dias no local escolhido pode optar por um pacote de aluguel diário, mas quem vai passar um tempo maior na cidade de destino pode escolher o programa de quilometragem, onde você paga por quilômetro rodado. De uma forma ou de outra, eles vão te entregar o carro com o tanque cheio, e de tanque cheio ele tem que voltar – então, para evitar um gasto maior com combustível (pois as locadoras cobram um valor diferenciado pelo litro de combustível – é claro que maior do que os postos), lembre-se sempre disso.

O melhor a se fazer, em todos os casos, é reservar com antecedência o tipo de programa de locação e, principalmente, o veículo escolhido. Nem sempre ao chegar no destino você vai encontrar exatamente o veículo que você quer, mesmo se a empresa for grande e tiver uma frota bem diversificada. A grande maioria tem guichês nos aeroportos das cidades brasileiras e, com a reserva já pronta, você pode pegar as chaves do veículo ali mesmo, ao desembarcar no destino escolhido. Sem contar que, com o aluguel do carro fazendo parte do planejamento de viagem, é possível até encontrar preços promocionais.

Ao alugar um carro em qualquer uma das modalidades de locação, sempre se certifique que o pacote do seguro do automóvel está incluso – e, se não estiver, adquira o mesmo. Outra coisa importante é que, se você não é a única pessoa que vai dirigir o veículo durante o passeio, isso deve ser dito à locadora, para que ela possa aprovar os outros motoristas, afim, também, de evitar problemas maiores se algo sair fora do planejado.

Outro ponto que vale a pena ser lembrado para os motoristas de primeira viagem é que em casos de falhas ou estragos no veículo, as locadoras são obrigadas a repor imediatamente o automóvel, sem ônus nenhum para o locatário, claro, que desde que você não tenha responsabilidade pelo ocorrido. Fique também atento aos eventuais problemas que podem ocorrer durante a locação de um veículo, como acidentes ou roubos. Caso você passe por uma situação delicada como essa, a primeira ação a ser tomada é entrar em contato com a polícia e registrar um B.O. Com esse documento em mãos, acione a locadora, que a partir desse momento, assumirá a situação e lhe manterá informado sobre qualquer problema que venha a surgir.

Fonte: Blog Carro Aluguel