10 dicas para alugar um carro no exterior

viagem

De Rentcars.com

As férias de julho estão chegando e muitos brasileiros fazem viagens internacionais nesse período. Uma ótima opção para quem deseja explorar e conhecer os destinos no melhor estilo “Slow Travel” é alugar um carro. Além de possibilitar fazer o seu próprio horário e traçar sua própria rota, claro.

Mas para não ter surpresas tanto na hora da locação quanto da devolução, a Rentcars.com, agência de viagens online especializada em aluguel de carros, preparou algumas dicas. “É importante que o viajante se atente a esses pontos, assim poderá planejar-se, economizar e viajar com tranquilidade.”, comenta Francisco Millarch, CEO da Rentcars.com.

1 – Quem pode locar um carro?  A idade mínima padrão é 25 anos, mas pode variar de país para país. Algumas locadoras oferecem a opção de pagamento da taxa “under age”, que permite ao viajante locar mesmo abaixo da idade mínima exigida. Para algumas categorias superiores e de luxo, as locadoras podem exigir uma idade superior. Vale verificar.

2 – Qual a habilitação necessária? O primeiro ponto é ter a habilitação condizente com o veículo que deseja locar. No Mercosul o viajante deve ter a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) permanente e dentro do prazo de validade. Se for viajar entre os países do Mercosul, é preciso ter a Carta Verde – um documento que habilita o trânsito entre Argentina, Brasil, Chile, Uruguai e Venezuela. Na Europa é recomendável que se tenha a  PID (Permissão Internacional  para Dirigir) mais o Passaporte, enquanto nos Estados Unidos, o único Estado que pode solicitar a Carteira Internacional é o da Georgia. Demais Estados não há esta necessidade e pode-se viajar com a CNH brasileira, aliada ao Passaporte.

3 – Como consigo uma habilitação internacional? Esse documento é muito simples de se obter. Com a sua Carteira Nacional de Habilitação, basta solicitar ao Detran a emissão da Carteira Internacional mediante o pagamento de uma taxa.

4 – É preciso um Cartão de Crédito Internacional? Sim, pois será usado na caução de garantia – as locadoras bloqueiam um valor caução no cartão de crédito da pessoa responsável pela reserva e liberam após a devolução do carro -, inclusive para o pagamento de  taxas não inclusas em compras com vouchers pré-pagos, como combustível, proteções opcionais, serviços especiais e possíveis taxas adicionais. Além disso, o cartão deve estar dentro do prazo de validade, em nome do locatário, vinculado a uma instituição bancária e com limite de crédito disponível para a caução. Cartões em nome de outras pessoas ou sem autorização para transações internacionais impedem a locação.

5 – Posso devolver o carro em um lugar diferente do que retirei? Na maioria dos casos isso é possível, mas vale consultar no momento da locação se essa possibilidade implicará no pagamento de uma taxa adicional, mais conhecida como “taxa de retorno”.

6 – É melhor alugar com quilometragem livre ou restrita? Nossa sugestão é sempre para quilometragem livre, até mesmo porque se for restrita e exceder a quantidade de quilômetros rodados permitidos pela tarifa, o valor da taxa para quilômetros adicionais não é baixo.

7 – Qual seguro devo comprar? Opte pela cobertura mais completa possível, pois pode evitar que o viajante tenha problemas em casos de danos ao veículo e outras ocorrências durante a locação.

8 – Devolver o carro com o tanque cheio ou vazio? Alguns dos pacotes incluem o serviço de tanque de combustível, que permite a devolução com tanque vazio. Se esse serviço não fizer parte do seu pacote ou não for contratado diretamente no balcão, o veículo deverá ser abastecido. Caso contrário, a locadora cobrará a diferença, a um valor maior do que você pagaria reabastecendo o veículo pessoalmente em um posto de combustível.

9 – Faça a vistoria antes da retirada. Esse é um ponto muito importante, pois avarias apresentadas no momento da entrega serão cobradas do  locatário. É importante acompanhar a vistoria feita no veículo na retirada e na devolução, para prevenir cobranças extras.

10 – Locação sem IOF e parcelada em até 12x. No site rentacars,com o cliente pode parcelar reservas internacionais em até 12 vezes no cartão de crédito e não paga a alíquota de 6,38% para operações de crédito no exterior (IOF), pois toda a transação é feita no Brasil. Pode-se, inclusive, pagar a locação no boleto bancário com desconto para não comprometer o limite do cartão que será utilizado como garantia.

Para uma viagem tranquila e outras informações de locação de veículos no exterior, acesse o site: www.rentacars.com.

Fonte: Tribuna do Norte – Blogs